6.2.17

O que as dificuldades/problemas podem fazer por nós?



A Sofia do blogue Ser ainda mais feliz   convidou-me a escrever um  artigo para o seu blog.  Deu-me a possibilidade de ser eu a escolher o tema. Confesso que inicialmente fiquei com um pouco de medo... Mas vencer os medos é algo que me desafia e para desafios estou cá eu. Escolhi falar acerca do que as dificuldades / problemas podem fazer por nós.
Foi um prazer poder fazê-lo, muito obrigada pelo convite e pela confiança querida Sofia. Beijinho enorme para ti.


Aqui fica um pouco do que escrevi:

"Quantos são aqueles que se questionam pela razão pela qual estão a passar por este ou aquele problema. Que se vitimizam pela situação que estão a viver e fazem disso a sua razão atual de vida. Não aceitam, brigam com eles próprios e com o resto do mundo, dizendo que só a eles é que acontece coisas assim, que não têm sorte nenhuma na vida. E que se fosse com fulano ou sicrano  não seria assim. Porque só os outros é que têm sorte.
Passam mais tempo a queixar-se do que propriamente a pensar em solucionar ou ultrapassar o que lhes está a acontecer.

Ponto nr. 1 
As dificuldades/problemas surgem a todas as pessoas.

Ponto nr.2
Vão surgir sempre."

"E o que podemos fazer nós  quando a vida nos apresenta um destes obstáculos que nos derrubam, nos fragilizam, nos tiram o chão??"


Se quiserem ver na íntegra, sintam-se à vontade para o fazer aqui.


With love ,

Catarina.



26.1.17

Partilhar inspiração!

 

Este excelente post  da Mel do blogue Quebra do Silêncio, sobre as marcas de limpeza que não testam em animais.  A Mel está de parabéns por todo o trabalho que teve e por disponibilizar toda esta informação, que é uma excelente ajuda para quem se preocupa com este tema.

Este livro que quero muito ler (é o próximo).

Este alimento maravilhoso que é o millet, que tanto me ajudou a recuperar depois de uns dias tão difíceis.

Este blog maravilhoso da Fátima Teixeira, uma pessoa tão querida como inspiradora. Criadora desta maravilhosa magazine que se estreou este mês.


With love,

Catarina.

24.1.17

*Escolhas felizes na minha cozinha*



* Em vez de comprar, idealizar, rabiscar e pedir ao senhor (mais habilidoso do mundo) para fazer este móvel para  a nossa cozinha. (Não sei se já vos tinha mostrado esta habilidade  do meu mais que tudo.)

* Optar por armazenar a comida em frascos de vidro e excluindo o plástico que tão mal nos faz à saúde e ao ambiente.

* Em vez de comprar frascos novos todos iguais, optar pelos que tenho cá me casa, alguns que comprei para guardar coisas e outros que eram de café, compotas, óleo de coco, etc.

* Reciclar, reutilizar e criar sempre que é possível.

* Optar por comprar cada vez mais a granel, na zona aonde vivo a oferta não é muita, mas aproveitar o que há é sempre uma boa escolha.

* Comprar em maiores quantidades para não ter que andar sempre às compras.

* Exterminar os sacos de plástico, sim é possível.

* Usar e abusar de vinagre de cidra e bicarbonato de sódio nas limpezas, é super eficaz, o ambiente e a carteira agradecem.

* Trazer do quintal fruta, ervas aromáticas e legumes para cozinhar e comer, e agradecer por poder fazer isso.

 * Comprar fruta, legumes e leguminosas apenas no mercado a produtores locais, que vendam produtos orgânicos e biológicos.

* Ter sempre a cozinha organizada, limpa e arrumada (ou quase sempre).

* Cozinhar com amor .



With love,

Catarina.

18.1.17

*Inspiração* para uma vida melhor!




Este livro que é uma inspiração em cada uma das suas palavras e da suas imagens! Ainda não o terminei mas estou completamente apaixonada!

Este vídeo que aconselho a que vejam e que reflitam sobre a mensagem que transmite!

Este maravilhoso suplemento para começar o dia da melhor maneira nutrindo o nosso corpo!

Este blog  de uma menina tão inspiradora e amiga do ambiente. Um exemplo a seguir!



With love,

Catarina.

9.1.17

Como regressar às rotinas



Aqui estou eu de volta ao meu cantinho com o primeiro post do ano. 
Quem me lê sabe que vivo a época natalícia com toda a minha alma. Essa é a altura que consigo reunir as pessoas mais especiais para mim (nem todos vivem perto). Logo tento aproveitar cada segundo dedicando-lhes toda a minha atenção. Para o fazer tenho de sair da minha rotina, mas faço-o com todo o prazer.
Claro é, que sendo eu uma pessoa de rotinas, depois desta época tenho uma necessidade enorme de me organizar e voltar a tomar as rédias das minhas rotinas. O que acaba por ser muito bom, pois assim a saudade que começo a sentir por voltar a estar longe de quem amo não me custa tanto. Como ando entretida com as minhas coisas, esse sentimento tão português fica mais leve.


E o que faço eu depois desta época festiva:

* Arrumo toda a decoração de Natal em caixas, normalmente 2/3 dias antes do dia de Reis.

* Dou uma volta a todas as divisões da casa e aproveito para ver se há alguma coisa para destralhar, sim porque no Natal normalmente entram sempre coisas cá em casa e comigo aquela regra do "entra novo sai velho" funciona na perfeição.

* Dou uma volta à minha roupa e á do senhor aqui de casa ( sim eu faço isto várias vezes por ano).

* Organizo e arrumo cada divisão.

* Faço uma grande limpeza a cada divisão, especialmente à cozinha (foi uma tarde inteira que lhe dediquei).

* Como durante essa época fazemos várias refeições fora de casa, surge a necessidade de fazer o inventário do que temos no frigorífico/arca e da dispensa.

*  Faço uma lista de compras.

* Vou às compras.

* Volto novamente a planear as refeições semanais aqui de casa.

* Pego na minha agenda nova,  dedico-lhe algum tempo enquanto bebo um bom chá (o meu mano ofereceu-me uns maravilhosos bio).

* Faço uma lista de assuntos que quero resolver e tratar ( estamos a dia 9 e já tratei de vários).

* Faço uma pequena lista com as coisas mais importantes que gostava de realizar este ano, este ano a lista ficou mesmo pequena, ao fazê-la pensei muito, e cheguei mais uma vez á conclusão que menos é mais e isto também se aplica aos nossos sonhos/objetivos!

* Tomo resoluções.

* Agradeço por tudo o que esta época me trouxe, agradeço pelo que a vida me dá e concluo que para me sentir uma pessoa abençoada basta-me continuar assim, grata!!



Refleti e cheguei à conclusão que a palavra de ordem dos meus dias de 2016 foi  aceitar. Mais que saber o que esse verbo significa, no ano  que passou senti o seu efeito nos meus dias. E que bem que me fez. Tenho em conta que 2015 a palavra foi despertar, 2016 aceitar,  aqui estou pronta para que uma nova palavra se faça sentir nos meus dias, com a certeza que com ela virão muitas lições!! O que é muito positivo pois o aprender nunca ocupa lugar!!



With love,

Catarina.



31.12.16

Adeus 2016, bem vindo sejas 2017!


E mais um ano está a chegar ao fim, fazem-se retrospetivas e balanços do que passou , estabelecem-se metas,  sonha-se com aquilo que tanto se deseja...

A verdade é que mais um ano passou, e no meu caso, o sentimento que ele me deixa é sem dúvida gratidão! Quero muito transportar este sentimento para o ano que está chegar. Pois sei que assim tudo se torna mais fácil, até os momentos menos bons pelos quais todos temos de passar. Afinal o meu lema de vida passa também por simplificar, e tentar sempre procurar alegria e inspiração nas mais pequenas coisas!

Resta-me desejar para todos nós que 2017 nos traga saúdepaz,  aprendizagemalegriaamor e gratidão no coração!



With love,

Catarina.

23.12.16

*** Feliz Natal ***


Não sei se sentem o mesmo, mas a mim parece-me que os últimos dias têm sido mais curtos e têm passado a voar. 
Tenho andado um pouco ausente aqui do blog, a vida muitas vezes troca-nos as voltas e por muito organizado que se seja fica impossível fazer as coisas como planeamos.
Mas importante mesmo é que estou bem e muito feliz, e a partir de logo à noite toda a minha atenção  fica entregue apenas às pessoas que mais amo. Não há coisa melhor! Dar de nós a quem amamos. Partilhar amor!

A todos vocês que aqui passam eu desejo Um Feliz Natal! 
Partilhem amor, doem sorrisos, sejam felizes!

With love,

Catarina.